Programa de Gestão Econômica, Social e Ambiental da Soja Brasileira

IBS realiza live sobre infraestrutura da propriedade rural para produtores do Soja Plus Goiás

Live Soja Plus

Uma conversa objetiva e esclarecedora. Assim foi a live “Infraestrutura da Propriedade Rural sem Complicação”, realizada pelo Instituto BioSistêmico (IBS) por meio do Programa Soja Plus Goiás, com transmissão ao vivo pelo YouTube. Destinada a produtores de soja atendidos no programa, o evento faz parte da programação de capacitações desenvolvidas pelo IBS como empresa executora do Soja Plus em Goiás.

A live foi apresentada pela diretora de agricultura do IBS, a engenheira agrônoma Priscila Callegari, que entrevistou Thiago Oliveira, diretor de regulação e fiscalização dos serviços de saneamento básico de Jataí – GO. Thiago é graduado e Geografia, graduando em Engenharia Civil, com especialização em Saneamento Ambiental pela UFG e MBA em Engenharia do Saneamento pela UNCAM.

Na fala de abertura, Priscila disse que é uma satisfação para o IBS executar o programa no estado de Goiás, agradeceu ao Thiago por ter aceitado o convite para participar da live e fez uma breve introdução do cenário das propriedades atendidas no Soja Plus Goiás.

A diretora ressaltou que há necessidade de melhorias na infraestrutura das propriedades, o que deve estar aliado à preservação do meio ambiente e qualidade de vida de quem mora e trabalha no campo. “Verificamos um histórico de escassez de recursos para investimentos, o que torna fundamental um olhar muito assertivo de forma a contribuir para o desenvolvimento sustentável”, ponderou.

Priscila acrescentou que um dos principais papéis do Soja Plus é compartilhar informação e conhecimento aos produtores, contribuindo para a melhor compreensão da legislação, para que as propriedades estejam de acordo com as normas vigentes nas esferas federal, estadual e municipal.

Entre as questões respondidas por Thiago Oliveira, constaram estrutura de lava jato, depósito de agroquímico, caixa de contenção, posto de combustível e área de vivência. Todos os temas foram abordados de forma bem didática, pois o objetivo principal foi facilitar a compreensão dos produtores sobre como é possível adequar as construções rurais de forma eficiente e pouco onerosa.

Um dos aspectos destacados por Thiago foi que os produtores devem estar sempre atentos às atualizações da legislação. “Nos últimos anos, a legislação mudou bastante. Hoje, você não pode mais fazer como há 20, 30 anos. É preciso estar atento ao código nas esferas municipal, estadual e federal. O que vai servir de parâmetro no município é sempre o mais restritivo”, afirmou.

Para quem quiser conferir tudo o que foi debatido e esclarecido durante a live, o vídeo está disponível no canal do Instituto BioSistêmico no YouTube. Para acessar o vídeo, clique na imagem abaixo.

Sobre o Soja Plus

O Programa Soja Plus desenvolvido pela Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (ABIOVE) e parceiros desde 2011. Em uma década de trabalhos, tornou-se o maior programa privado de assistência técnica rural do país, com foco na gestão econômica, social e ambiental da propriedade rural. Está presente nos principais estados sojicultores do Brasil: Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Piauí.

Desde 2018, o Instituto BioSistêmico realiza a assistência técnica do programa, a partir da parceria entre a ABIOVE e a Cargill, atendendo 16 municípios do estado de Goiás. Anápolis, Caldas Novas, Cristalina, Niquelândia, Piracanjuba e Vianópolis estão entre os municípios atendidos. Em 2020, foram 50 propriedades atendidas pelo programa.

Em três anos de trabalho, houve aumento significativo nos índices de sustentabilidade das propriedades atendidas pelo IBS, com melhorias nas áreas de infraestrutura, gestão, boas práticas e meio ambiente. Na safra 2020/2021, o IBS monitorou uma área total de 56.766 ha, sendo 47.633 ha de área produtiva, com uma produção estimada em 171.479 toneladas de soja.