Programa de Gestão Econômica, Social e Ambiental da Soja Brasileira

Abiove, Cargill e IBS realizam nova rodada de atendimentos do Soja Plus em Goiás

Soja Plus

Em 10 anos de atividades, o Programa Soja Plus tem contribuído para a melhoria contínua na gestão das propriedades rurais atendidas, com avanços significativos nos indicadores ambientais, sociais e econômicos. O programa é resultado de uma parceria entre a Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove) e a Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja/MT).

O Soja Plus está presente nos principais Estados Sojicultores do Brasil, com atuação na Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Piauí e, em breve, no Estado do Tocantins . Numa parceria com a Cargill e a Abiove, o Instituto BioSistêmico (IBS) realiza a assistência técnica no Estado de Goiás, desde 2018.

A Abiove, a Cargill e o IBS deram início à uma nova rodada de atendimentos de assistência técnica e capacitações em Goiás. No mês de abril, as equipes do IBS iniciaram as visitas para implementação dos planos de ação individual das propriedades

“Na visita anterior, levantamos dados da infraestrutura das propriedades, além de informações nas áreas financeira, social e ambiental. As informações colhidas basearam o plano de ação de cada propriedade”, explica engenheira agrônoma Juliana Trettel, supervisora de campo do Programa Soja Plus Goiás.

Juliana acrescenta que na visita mais recente, além de esclarecerem dúvidas dos produtores sobre o plano de ação, os técnicos do IBS orientaram sobre adequações às legislações aplicáveis ao meio rural. Os técnicos também fizeram a entrega de placas de sinalização das instalações das propriedades, o que é uma exigência prevista em lei.

A previsão é de que os próximos atendimentos do IBS sejam realizados entre os meses de julho e agosto. “Faremos um novo levantamento das áreas, para averiguarmos quais mudanças foram realizadas e o que ainda precisa ser adequado”, relata Juliana Trettel.

De acordo com ela, a receptividade dos produtores tem sido excelente. “Por meio do Soja Plus, os produtores estão bem-informados sobre as legislações em vigor, além de conscientizados e dispostos a promover mudanças e melhorias com foco na sustentabilidade das propriedades”, destaca.

Atualmente, as equipes do Instituto BioSistêmico atendem 50 propriedades em 19 municípios goianos. Anápolis, Caldas Novas, Cristalina, Niquelândia, Piracanjuba e Vianópolis estão entre os municípios atendidos.